Forgotten Realms - O Mythal de Fúria Draconica

O Retorno do Grande Ciclo está próximo e nem mesmo os monges do distante Forte da Vela, que guardam as palavras do profeta Alaundo podem prever o que surgirá depois disso...
 
InícioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Kelemvor Lyonsbane

Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador

avatar

Mensagens : 133
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Kelemvor Lyonsbane   Qui Jan 10, 2008 6:09 pm

Kelemvor Lyonsbane
Arabel, Reino de Cormyr



Kelemvor foi o último e quarto filho do guerreiro Kendrel e sua esposa Cyndril. Nos 10 ultimos anos ela esperava ter novamente um filho, depois de muitas perdas. Ela morreu dando a luz à Kelemvor, que sempre sentiu-se culpado pela morte da mãe. Como filho mais jovem, Kelemvor tinha um fardo pesado para carregar: não somente devia atender às aspirações dos pais como também de seus irmãos mais velhos. Quando fez oito anos, seus irmãos já estavam escrevendo suas próprias lendas em batalhas distantes.

Krendel estava aposentado das lutas: um velho ferimento de guerra o forçou a trabalhar como conselheiro militar. A inatividade o aborrecia mais do que o seu ferimento, fruto de seu descuido. Aos 10 anos, Kelemvor começou a apreciar a arte e a beleza. Sua professora era Tannith, uma mulher amável e sensível. Este gosto de Kelemvor foi a gota d´água para seu rude pai, que não tolerava a sensibilidade do filho. Dispensou Tannith e tomou controle da aprendizagem do rapaz; o garoto foi direcionado para um futuro militar. Kelemvor foi até Tannith e descobriu que ela havia sido selvagemente atacada e deixada para morrer pelos amigos de seu pai. O fogo da ódio instalou-se no peito de Kelemvor. Ele aprendeu a canalizar sua fúria para lutar. Tornou-se um hábil pupilo, de rápido progresso, nas artes mortais que Kendrel apreciava tanto. Seu pai nunca suspeitou da sua motivação. Estava certo que a habilidade vinha do sangue da família. Ele em breve saberia o quão certo estava.

Quando Kelemvor fez 13 anos, alcançou um marco em sua vida, conhecendo Lilianna, uma linda garota de 15 anos que lembrou-lhe sua antiga professora. Ela era risonha, gostava de arte e de cantar e tinha um amor por Kelemvor, mesmo com sua rude aparência exterior. Mais uma vez Kendrel tentou destruir a felicidade do rapaz. Kelemvor descobriu que seu pai bateu em Lilianna. Ele partiu na defesa dela, mas não foi páreo para seu pai. Porém o ataque que fez a Kendrel, disparou algo dentro dele. Ele sentia seu corpo queimar e transformou-se em uma pantera. A fera despedaçou Kendrel. Quando dois guarda-costas entraram na sala, a pantera fez o mesmo a eles. Durante a carnificina, Lilianna se encolheu em um canto. Então ela verificou que a mente de Kelemvor ainda estava no controle e o ajudou a escapar do castelo e esconder-se nos bosques. Kelemvor lembra-se pouco dos seis meses posteriores.
Ele vagou como uma pantera por bom tempo. Sua humanidade submergiu por tanto tempo que até mesmo a sua forma humana era selvagem, mais animal que homem. Eventualmente, sua fúria animal diminuía e ele retornava novamente a forma humana e a inteligência.

O tio de Kelemvor, Burne, procurou pelo sobrinho quando soube da morte do irmão. Burne era um homem inteligente, diferente do seu cruel irmão. Ele percebeu que Kelemvor era diferente do resto de sua família, achava que Kendrel maltratava o garoto. Burne e sua companhia de aventureiros encontraram Kelemvor vagando pelo interior. Burne estava triste em saber que o garoto tinha a maldição de sua família, mas não sentiu remorso pela morte do irmão. Através do tio, Kelemvor ficou sabendo que carregaria este fardo para o resto de sua vida.



Kyle Lyonsbane foi o primeiro dos Lyonsbane a receber a maldição. Kyle era um mercenário profissional e para ele qualquer serviço tinha seu preço, mesmo que saísse da bolsa de viúvas ou orfãos. Em uma batalha, tempos atrás, Kyle teve a chance de defender uma feiticeira ferida (a arcana tinha se machucado ao protegê-lo de uma picada de cobra), mas preferiu correr para saquear a fortaleza inimiga que havia caído. A feiticeira o amaldiçou com seu último suspiro.

A maldição assegurou que nenhum Lyonsbane jamais trabalhasse para obter vantagens novamente. Se Kyle e seus ancestrais fizessem algo pensando em algum ganho pessoal se transformariam em uma fera. Com o tempo, a maldição foi ficando instável e afetando somente alguns dos descedentes. A praga passou por cinco gerações até chegar em Kelemvor, e se transformou de modo incomum. A maldição não mais exigia que o Lyonsbane amaldiçoado trabalhasse para si mesmo, pelo contrário. Ele poderia se transformar em pantera quando lutasse sem obter pagamento.

Muito tempo depois ele conheceu Cyric e Adon, e mais tarde seu último amor, a maga Midnight. Eles formaram um grupo de aventureiros que foram o foco do Tempo das Perturbações. Eles se incunbiram de encontrar as Tábuas da Fé e impedir que caíssem em mãos erradas. Entretanto, Cyric traiu o grupo para obter a forma divina e assassinou Kelemvor. Midnight se tornou a nova Mystra e Adon seu primeiro adorador.

Por motivos misteriosos, Kelemvor conseguiu o portifólio da Morte que era de Cyric, tornando-se assim Kelemvor, o Deus da Morte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Kelemvor Lyonsbane
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forgotten Realms - O Mythal de Fúria Draconica :: O Mythal de Fúria Draconica :: Personagens dos Reinos-
Ir para: