Forgotten Realms - O Mythal de Fúria Draconica

O Retorno do Grande Ciclo está próximo e nem mesmo os monges do distante Forte da Vela, que guardam as palavras do profeta Alaundo podem prever o que surgirá depois disso...
 
InícioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Relatos de Viagem I

Ir em baixo 
AutorMensagem
Kaeldur

avatar

Mensagens : 20
Data de inscrição : 05/01/2008
Idade : 33
Localização : Passagem do Orc Morto

Ficha do personagem
Raça: Elfo
Classe: Duelista
Nível:
6/20  (6/20)

MensagemAssunto: Relatos de Viagem I   Seg Jan 07, 2008 6:25 pm

I. A Primeira Decepção
Bons dias e até tranquilos passei na estrada entre Lua Argêntea e Águas Profundas. Não passei muito perigo, no limite do meu poder. Em momento algum passei perigo de morrer, mas sei que ainda tenho muito o que aprender. Depois a chegada em Águas Profundas... Que linda cidade... Inúmeras pessoas, nunca vi algo parecido. Ainda observando as construções fui pego de surpresa. Guardas vieram correndo e me carregaram. Um julgamento ocorreu, dizendo que eu era uma suposta "Ophyl Ramstel". Queriam obrigar-me a confessar, mas me neguei. Jogaram-me então à temida Montanha Subterrânea.

II. O Início do Fim
Destinado a morrer, jogado ali na Montanha Subterrânea, sentei a pensar. O que poderia fazer? Esperar a morte? Não, quero voltar à superfície... Achar os malditos que me jogaram aqui. Mas... o que isso me trará? Não, eu vou voltar a superfície e achar o Aërios. E então caminhei, procurando a saída. Logo percebi que o local era infestado de armadilhas. Desviava de uma só para cair em outra, cada uma pior que a anterior. Até que o caminho levou-me a uma sala que as paredes fechavam lentamente... eu pensava naquelas paredes esmagando meus ossos, mas procurava de qualquer modo uma saída. Por sorte encontrei, na minha busca apressada, tropecei numa pedra e uma porta secreta se revelou. Passei então por ela.

III. Convite do Acaso
E quem diria? Prestes a morrer, passo por uma porta e me deparo com 4 sujeitos desconhecidos. Mas em alguns segundos minha esperança foi-se por água abaixo, estes também estavam perdidos. Se não bastassem as coincidências, um destes novos colegas também era de Lua Argêntea. Sujeito simpático e brincalhão, ao menos alguém pra alegrar o ambiente da nossa provável morte. Bom, em grupo pelo menos tenho mais chances de sobrevivência, não morrerei sem tentar.

IV. A Festa Começa...
Após umas boas horas de descanso, coisa que, pelos fatos decorridos, percebo que serão raras, resolvemos seguir em busca da saída. Julgamos que a idéia era sempre ir pra cima. Os meus companheiros são mais talentosos do que eu esperava. O arqueiro, Valanthior, tem uma mira muito boa, e pôde iluminar um buraco no teto para que pudéssemos ver o que havia lá para cima. E, após minha fracassada tentativa de escalar, o Brutus escalou para ver o que lá havia. Acabamos por despertar um... uma criatura estranhíssima. Um cubo gigante e gelatinoso, coisa horrorosa. Altamente corrosiva, pelo visto. Para a nossa sorte era uma coisa lenta e pudemos fugir para outra sala. Não faço idéia de como teríamos matado aquela coisa, corroía até metal! Mas na nova sala, nada de alegria, encontramos mais algumas criaturas esquisitas, que até me paralizaram, mas no fim das contas ninguém sofreu danos expressivos. E quando pensamos que poderíamos comemorar, começava a loucura. Entra sala, sai sala, mas nada de alguma luz. Luz do sol, aliás, por que luz de outras coisas não faltou. Raios, fogo... só alguns elementos de uma espécie de "jogo" macabro que quase nos vimos presos... Por fim acabamos por encontrar uma tal criatura, que, se não fosse pelo Sebastião, provavelmente teria ido embora sem nos ajudar. Talvez eu tenha me precipitado ao interagir com ela, a sorte é que o sábio companheiro soube lidar melhor e nos ajudou... Agora vou descansar um pouco e que continuemos com sorte...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valanthior



Mensagens : 3
Data de inscrição : 06/01/2008

Ficha do personagem
Raça: Elfo
Classe: Guerreiro
Nível:
10/20  (10/20)

MensagemAssunto: Re: Relatos de Viagem I   Ter Jan 15, 2008 5:19 pm

mais como sonhos né!

_________________
oi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Relatos de Viagem I
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forgotten Realms - O Mythal de Fúria Draconica :: Personagens da Campanha :: Kaeldur "Folha Prateada" D'Arganon-
Ir para: